Pela 1ª vez, Brasil poderá exportar à Turquia gado vivo para engorda
26 de Agosto de 2015

O Brasil poderá exportar à Turquia, pela primeira vez, bovinos vivos para engorda. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou que concluiu a negociação do Certificado Zoossanitário Internacional (CZI) com o Serviço Veterinário daquele país.

No ano passado, a Turquia importou cerca de 50 mil cabeças. Entre os principais fornecedores, estão a Áustria, Hungria, Estados Unidos e Alemanha.

O Brasil exportou 646,7 mil cabeças de bovinos vivos no ano passado, o que representou, em valores, US$ 675 milhões. Do volume total exportado pelo Brasil em 2014 (510,8 mil cabeças), 79% foram para a Venezuela; 12%, para o Líbano; 4% para, Jordânia; e 3,5%, para o Egito. Esses mercados são considerados importantes para a exportação de gado vivo brasileiro.

A negociação foi concluída na última sexta-feira (21), informa a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Mapa.  

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de comunicação social
(61) 3218-2203 – 2204
Rayane Fernandes
imprensa@agricultura.gov.br

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento